Redação do Encceja 2018: veja dicas para fazer um bom texto

Saiba como estruturar um texto dissertativo-argumentativo!

Valendo 10 pontos e exigindo, pelo menos, a nota 05 do candidato, a redação do Encceja é uma importante etapa para os que buscam concluir a educação básica por meio dessa prova.

Confira algumas recomendações para fazer uma boa redação do Encceja.

Com data prevista para acontecer no próximo dia 05 de agosto, o primeiro, passo para desmistificar a complexidade dessa produção textual, é entender os fundamentos básicos de sua estrutura e é, justamente, sobre eles que falaremos neste artigo, então, vamos conferir?

Dicas que farão a diferença na sua redação do Encceja 2018

1 – Fique atento aos temas da atualidade

Para ter um ótimo desempenho na redação Encceja, o hábito de ler é essencial.  No entanto, quando queremos nos referir ao tema dessa redação, é importante que você comece a ter contato com outros tipos de leitura, que não sejam, somente, os romances, contos e afins. Isso porque, estar por dentro dos assuntos da atualidade é mais que fundamental. Uma vez que, assim como o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), o Encceja também cobrará de você uma resolução relacionada a alguma problemática da atualidade.  Portanto, comece ler ou assistir jornais, pois essa prática só terá a acrescentar até o grande dia!

2- Saiba o que é um texto dissertativo-argumentativo

Ah, os textos dissertativo-argumentativos, esses, sem sombra de dúvidas, são os preferidos pela banca organizadora tanto do ENEM como do Encceja. Com isso, conhecer a estrutura desse gênero textual poderá ajudar você a concorrer, até mesmo, a uma vaga em alguma universidade, após conclusão da educação básica.  O principal ponto que se deve saber sobre esse texto é que ele é composto por apenas 03 etapas, que são:

3 – Introdução

A introdução deverá ser o primeiro parágrafo desse texto, por esse motivo ela também é caracterizada como o contato inicial que o corretor terá com a sua dissertação. Sendo assim, nessa etapa, o mais importante é apresentar o tema principal.

Como, muitas vezes, o difícil mesmo é começar o texto, saber quais são as formas de introduzir o tema pode ajudar muito nessa importante tarefa. Por isso, veja abaixo quais são os possíveis começos para sua redação.

  • Com uma pergunta: essa retórica deverá ser respondida durante o seu texto. Sendo assim, a partir dela será possível ter um “gancho” sobre o que será desenvolvido nos outros parágrafos.
  • Com um dado histórico: nesse tipo de abordagem será necessário por em evidência algum acontecimento histórico, que contextualize o tema abordado.
  • Com uma comparação: para esse começo, você poderá fazer um paralelo entre situações opostas.
  • Com um dado estatístico: os dados estatísticos são representados por fundamentações teóricas, proporcionadas por pesquisas que devem ser mencionadas, juntamente, pela organização que as realizaram.
  • Com a definição de um conceito: esse tipo de introdução tem como intuito oferecer uma breve explicação sobre um conceito, que servirá como base para a sua dissertação

4 – Desenvolvimento

Podendo conter entre 02 a 03 parágrafos, é no desenvolvimento que a sua capacidade de argumentação tomará forma.  Isso porque, para essa parte do texto, você deverá pegar todas as ideias que foram mencionadas durante a sua introdução e desenvolver uma linha de raciocínio coerente para sua tese, que deverá ser abordada na conclusão.  Como a boa escrita também deverá depender de alguns macetes técnicos, é muito importante que você conheça estratégias argumentativas, que podem  ser determinadas da seguinte forma:

  • Senso comum: opinião genérica, não refletida e sem fundamentação, mas que, ao mesmo tempo, boa parte das pessoas possuem sobre algo. Contudo, é válido lembrar que o seu desenvolvimento não poderá ser pautado somente por essa estratégia. Visto que ela é uma das que menos requer estudo.
  • Alusão histórica: ao fazer uma alusão histórica você estará traduzindo boa parte do seu repertório de estudo por meio de uma fundamentação, que reverência algum fato ocorrido durante a história. E por mais que o problema ocorra no presente e a solução fique a encargo do futuro, reverenciar o passado para representar a linearidade causal da problemática é algo que, com certeza, trará mais valor para a sua redação.
  • Dados estatísticos: esse tipo de argumento acontece por meio da apresentação de dados (números). Sendo assim, ele pode ser feito por estatísticas que estejam atreladas ao desenvolvimento da sua argumentação. Vale lembrar que ao citar um dado estatístico a fonte desse estudo também deverá estar presente, já que pesquisas fundamentadas não surgem do nada.
  • Fatos comprováveis: para essa argumentação, a ciência será utilizada para comprovar a sua tese. Essa estratégia busca apresentar de um conceito por meio de qualquer área da ciência, como Antropologia, Sociologia, Biologia, entre outras.
  • Citação de obra/ autor: as citações de pessoas relevantes e que possam contextualizar o tema principal da redação é outra forma de dar mais autoridade para sua argumentação.

5 – Conclusão

E por fim, depois de muitos detalhes sobre o texto dissertativo- argumentativo, a conclusão é o último parágrafo, destinado para que você apresente a solução da problemática abordada pelo tema.    Com isso, o seu ponto de vista, por mais que tenha estado presente nos parágrafos anteriores, na conclusão, acaba tendo ainda mais destaque.

Um ponto importante é que expressões como “em resumo”, “em suma” “portanto”, “concluído” e “terminando” devem ser evitadas. Logo, os exemplos abaixo são os mais indicados para começar a oração inicial desse último parágrafo.

  • Em virtude dos fatos mencionados …
  • Levando-se em consideração esses aspectos …
  • Em vista dos argumentos apresentados …
  • Dado o exposto …
  • Tendo em vista os aspectos observados …
  • Em virtude do que foi mencionado …
  • Por todos esses aspectos …
  • Pela observação dos aspectos analisados

Outro fator a ser lembrado é que, por mais que os parágrafos tenham uma linha de raciocínio progressiva, eles não poderão ser dependentes. Portanto, não use conectivos para ligá-los e, antes de passar a limpo, certifique-se que eles estão concluindo um pensamento, para isso, você deverá ler cada um separadamente!

O que você achou deste artigo sobre redação do Encceja 2018? Ficou mais fácil agora? Compartilhe com a gente a sua opinião e acompanhe este portal!

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 4.2
Total de Votos: 4

Redação do Encceja 2018: veja dicas para fazer um bom texto

Comente